blog

Foque nos pontos fortes e torne-se um qualquer…

11 de agosto de 2015


Olá, comunidade da Potentiallis!

Hoje em nosso espaço do empreendedorismo quero falar de algo que eu sei que vai comprar briga com muita gente…

Aliás, no artigo passado, algumas pessoas ficaram com dor de barriga e muito incomodadas com o que foi dito. Eu sei, a verdade sempre dói!

Bom, não tem problema nenhum, pois este espaço é dedicado a verdade e ao que funciona para empreender e gerar resultados, etiqueta e elogios não se encontram nessa coluna.

Chega de enrolar, vamos a verdade nua e crua:

Foque nos seus PONTOS FORTES e em pouco tempo você será um profissional comum e medíocre!

Por que isto?

Eu sei que muitos profissionais que trabalham com orientação de carreira e ferramentas de performance (se é que isso existe) focam em orientar a sair do estado atual para o estado desejado. E que você investigue suas habilidades mais fortes, para a partir daí, ser seu começo para mudanças.

Perfeito, eu disse o começo! O problema é que você, ao concentrar-se unicamente nos seus pontos fortes, torna-se totalmente cego a suas atrofias comportamentais e emocionais. E não desenvolve uma visão 360º do seu negócio, atuação e inteligência emocional.

A ciência é clara, apenas 5% das nossas decisões são conscientes e racionais, ou seja, são pensadas pelo neocórtex. Os outros 95% das suas decisões são inconscientes.

Isso quer dizer que se você tem habilidades naturais e apenas foca nestas habilidades, elas já integram seu sistema automático de atitudes (piloto automático), em outras palavras, é possível que seus pontos fortes sejam habilidades que estão em 95% das suas decisões.

Como a inconsciência sobre nossas limitações é grande, acredito fortemente que o melhor caminho para desenvolver-se como um profissional e uma pessoa mais completa é FOCAR MUITO MAIS NOS PONTOS FRACOS.

Nossa! Que óbvio dizer isso. Não é mesmo? A verdade é que ninguém gosta de encarar a dor, e olhar para si com análise crítica, para saber no que é ruim.

Está na sua lista de fim de ano melhorar algo em que você é muito ruim? Olha, duvido muito! Afinal, seu tempo é escasso, logo você foca no que é bom e positivo, uma bela justificativa!

A maioria dos profissionais FAZEM VISTAS GROSSAS AOS PROBLEMAS e focam em maximizar seus pontos fortes e resultados, na esperança que isso ofusque seus GAPS e PONTOS FRACOS.

O problema acontecerá quando SURGIR UM DESAFIO PROFISSIONAL que exija SUA HABILIDADE NUM PONTO FRACO, que você ignorou. AFINAL, SEUS PONTOS FORTES SÃO INCRÍVEIS, NÃO É MESMO?

Pois é, Superman e Mulher Maravilha, e agora? Será que você vence um duelo contra um generalista?

Um músculo atrofiado não será desenvolvido sem exercícios específicos, por que achar que com habilidades comportamentais e inteligência emocional seria diferente?

Vamos lá, pense! O mundo já é dos generalistas!

Atualmente, os profissionais mais bem sucedidos são inovadores. E inovação não necessariamente decorre de uma mente genial, existem mentes geniais que não sabem empreender, nem tocar um negócio.

Os atuais empreendedores de sucesso focaram em desenvolver habilidades que não lhes eram inatas, seus pontos fracos: foco (capacidade de iniciar e finalizar algo), resiliência (capacidade de ouvir não, sem ir aos prantos e depressão), liderança (saber influenciar e motivar o grupo), falar em público (do que adianta ser o cara se você abre a boca e mal sabe falar ou mata os outros de sono), meditação e exercícios físicos (quem não cuida do seu veículo, o corpo, amarga doenças incapacitantes e mortes prematuras).

O novo formato de profissional é o multidisciplinar ou generalista, aberto a novas experiências e que reconhece e mapeia suas deficiências comportamentais. E busca desenvolver tudo isso.

Somente focar em liderança e foco, orientação de carreira, já se tornou comum. TODO MUNDO FAZ ISSO. Acorde se você quer ser diferenciado. FOQUE NOS PONTOS FRACOS. Sabe por que?

Porque sua mente e a neuroplasticidade farão conexões incríveis, com aprendizado novo e habilidades novas, especialmente a capacidade de você conectar uma ideia nova às habilidades já dominadas: pontos fortes.

Se você é péssimo em público, aprenda a falar em público, e já já surgirá uma excelente oportunidade para você se destacar em uma reunião ou apresentação.

Você não para quieto: tenha foco e já já compromissos mais sérios cairão no seu colo. E clientes mais caros também para você atender?

Ninguém lhe escuta? Aprenda a liderar e influenciar as pessoas e já já você terá um time e não um bando apenas.

Você não gosta de exatas, estude e aprenda a ter uma mente mais racional. Você não foca em criatividade, aprenda cursos que estimulam isso.

Um cérebro estimulado com o novo é o veículo mais poderoso de um profissional.

Quando um desafio surgir e você for o mais completo da sua empresa, ou negócio, não terá obstáculo para você. SE VOCÊ FOCAR APENAS NO SEUS PONTOS FORTES, VOCÊ DESENVOLVERÁ SUA CEGUEIRA e será um profissional de alta performance com sérias limitações.

Afinal, qual a sua decisão: continuar focando nos seus pontos fortes ou vai descer do seu pedestal e analisar no que você pode realmente ser melhor?

A decisão é sua, mas uma coisa lhe asseguro, quem encara a sua dor e aprende com ela, está a km de distância dos performáticos profissionais de pontos fortes!

A neuroplasticidade e a fusão de novas ideias, somente ocorrem com a interseção de ecossistemas diferentes de ideias.

Isso deixo para um próximo encontro.

Deixe seu comentário, ainda que seja crítico. Fique tranquilo. Sabemos lidar com isso.

 

Um abraço.

Luiz Fernando Gama de Medeiros

Advogado, Empresário e Empreendedor há mais de 15 anos.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
200
wpDiscuz
X